Viajando No Mundo dos Contos de Fada

Viajando No Mundo dos Contos de Fada

sexta-feira, 30 de março de 2018

atividades para trabalhar a turma do Sítio do Pica Pau Amarelo



























Trilhando Pelo Mundo da Leitura Com Monteiro Lobato


Secretaria de Educação Cultura e Desporto
Praça 29 de Dezembro nº 57
Departamento de Ensino

Trilhando Pelo Mundo da Leitura
Com Monteiro Lobato


Secretária de Educação:
Maria Rozivânia do Nascimento


    
              Secretária de Educação : Maria Rozivânia do Nascimento
Diretoria de Ensino:

ü Valdinere Alves
ü Diana Carla  
ü Ana Kelly
ü Elis Virgínia


Cortês , Abril de 2018


Biografia de Monteiro Lobato
Monteiro Lobato (1882-1948) foi um escritor e editor brasileiro. "O Sítio do Pica-pau Amarelo" é sua obra de maior destaque na literatura infantil. Criou a "Editora Monteiro Lobato" e mais tarde a "Companhia Editora Nacional". Foi um dos primeiros autores de literatura infantil de nosso país e de toda América Latina. Metade de suas obras é formada de literatura infantil. Destaca-se pelo caráter nacionalista e social. O universo retratado em suas obras são os vilarejos decadentes e a população do Vale do Paraíba, quando da crise do café. Situa-se entre os autores do Pré-Modernismo, período que precedeu a Semana de Arte Moderna. Monteiro Lobato (1882-1948) nasceu em Taubaté, São Paulo, no dia 18 de abril de 1882. Era filho de José Bento Marcondes Lobato e Olímpia Monteiro Lobato. Alfabetizado pela mãe, logo despertou o gosto pela leitura, lendo todos os livros infantis da biblioteca de seu avô o Visconde de Tremembé. Desde menino já mostrava seu temperamento irrequieto, escandalizou a sociedade quando se recusou fazer a primeira comunhão. Fez o curso secundário em Taubaté. Com 13 anos foi estudar em São Paulo, no Instituto de Ciências e Letras, se preparando para a faculdade de Direito.
Registrado com o nome de José Renato Monteiro Lobato, resolve mudar de nome, pois queria usar uma bengala, que era de seu pai, que havia falecido no dia 13 de junho de 1898. A bengala tinha as iniciais J.B.M.L gravadas no topo do castão, então mudou de nome, passou a se chamar José Bento, assim as suas iniciais ficavam iguais às do pai. Ingressou na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco na capital, formando-se em 1904. Na festa de formatura fez um discurso tão agressivo que vários professores, padres e bispos se retiraram da sala. Nesse mesmo ano voltou para Taubaté. Prestou concurso para a Promotoria Pública, assumindo o cargo na cidade de Areias, no Vale do Parnaíba, no ano de 1907.
Monteiro Lobato casou-se com Maria Pureza da Natividade, em 28 de março de 1908. Com ela teve quatro filhos, Marta (1909), Edgar (1910), Guilherme (1912) e Rute (1916). Paralelamente ao cargo de Promotor, escrevia para vários jornais e revistas, fazia desenhos e caricaturas. Ficou em Areias até 1911, quando muda-se para Taubaté, para a fazenda Buquira, deixada como herança pelo seu avô. No dia 12 de novembro de 1912, o jornal O Estado de São Paulo publicou uma carta sua enviada à redação, intitulada "Velha Praga", onde destaca a ignorância do caboclo, criticando as queimadas e que a miséria tornava incapaz o desenvolvimento da agricultura na região. Sua carta foi publicada e causou grande polêmica. Mais tarde, publica novo artigo "Urupês", onde aparece pela primeira vez o personagem "Jeca Tatu".
Em 1917 vende a fazenda e vai morar em Caçapava, onde funda a revista "Paraíba". Nos 12 números publicados, teve como colaboradores Coelho Neto, Olavo Bilac, Cassiano Ricardo entre outras importantes figuras da literatura. Muda-se para São Paulo, onde colabora para a "Revista do Brasil". Entusiasmado compra a revista e, transformando-se em editor. Publica em 1918, seu primeiro livro "Urupês", que esgota sucessivas tiragens. Transforma a Revista em centro de cultura e a editora numa rede de distribuição com mais de mil representantes. No dia 20 de dezembro de 1917, publica no jornal O Estado de São Paulo, um artigo intitulado "Paranoia ou Mistificação?", onde critica a exposição de Anita Malfatti, pintora paulista recém chegada da Europa. Estava criada uma polêmica, que acabou se transformando em estopim do movimento modernista.
Monteiro Lobato, em sociedade com Octalles Marcondes Ferreira, funda a "Companhia Gráfico-Editora Monteiro Lobato". Com o racionamento de energia, a editora vai à falência. Vendem tudo e fundam a "Companhia Editora Nacional". Lobato muda-se para o Rio de Janeiro e começa a publicar livros para crianças. Em 1921 publica "Narizinho Arrebitado", livro de leitura para as escolas. A obra fez grande sucesso, o que levou o autor a prolongar as aventuras de seu personagem em outros livros girando todos ao redor do "Sítio do Pica-pau Amarelo". Em 1927 é nomeado, por Washington Luís, adido comercial nos Estados Unidos, onde permanece até 1931.
Como escritor literário, Lobato destacou-se no gênero "conto". O universo retratado, em geral são os vilarejos decadentes e as populações do Vale do Parnaíba, quando da crise do plantio do café. Em seu livro "Urupês", que foi sua estreia na literatura, Lobato criou a figura do "Jeca Tatu", símbolo do caipira brasileiro. As histórias do "Sítio do Picapau Amarelo", e seus habitantes, Emília, Dona Benta, Pedrinho, Tia Anastácia, Narizinho, Rabicó e tantos outros, misturam a realidade e a fantasia usando uma linguagem coloquial e acessível. O livro " Caçadas de Pedrinho", publicado em 1933, que faz parte do Programa Nacional Biblioteca na Escola, do Ministério da Educação, está sendo questionado pelo movimento negro, por conter "elementos racistas". O livro relata a caçada a uma onça que está rondando o sítio. "É guerra e das boas, não vai escapar ninguém, nem tia Anastácia, que tem cara preta". José Renato Monteiro Lobato morreu no dia 5 de julho de 1948, de problemas cardíacos.
Obras de Monteiro Lobato

Ideias de Jeca Tatu, conto, 1918
Urupês, conto, 1918
Cidades Mortas, conto, 1920
Negrinha, conto, 1920
O Saci, literatura infantil, 1921
Fábulas de Narizinho, literatura infantil, 1921
Narizinho Arrebitado, literatura infantil, 1921
O Marquês de Rabicó, literatura infantil, 1922
O Macaco que se fez Homem, romance, 1923
Mundo da Lua, romance, 1923
Caçadas de Hans Staden, literatura infantil, 1927
Peter Pan, literatura infantil, 1930
Reinações de Narizinho, literatura infantil, 1931
Viagem ao Céu, literatura infantil, 1931
Caçadas de Pedrinho, 1933
Emília no País da Gramática, literatura infantil, 1934
História das Invenções, literatura infantil, 1935
Memórias da Emília, literatura infantil, 1936
Histórias de Tia Nastacia, literatura infantil, 1937
Serões de Dona Benta, literatura infantil, 1937
O Pica-pau Amarelo, literatura infantil, 1939
Fábulas de Monteiro Lobato
O Cavalo e o Burro
A Coruja e a Águia
O Lobo e o Cordeiro
O Corvo e o Pavão
A Formiga Má
A Garça Velha
As Duas Cachorras
O Jaboti e a Peúva
O Macaco e o Coelho
O Rabo do Macaco
Os Dois Burrinhos
Os Dois Ladrões
A caçada da Onça
Jeca Tatu
É no livro "Urupês", que Monteiro Lobato retrata a imagem do caipira brasileiro, onde destaca a pobreza e a ignorância do caboclo, que o tornava incapaz de auxiliar na agricultura. O Jeca Tatu é um flagrante do homem e da paisagem do interior. O personagem se tornou um símbolo nacionalista utilizado por Rui Barbosa em sua campanha presidencial de 1918. Na quarta edição do livro, Lobato pede desculpas ao homem do interior.
 


Secretaria de Educação Cultura e Desporto
Praça 29 de Dezembro nº 57
Departamento de Ensino
                                                  
Trilhando Pelo Mundo da Leitura com Monteiro Lobato

Monteiro Lobato (1882-1948) foi um escritor e editor brasileiro. "O Sítio do Pica-pau Amarelo" é sua obra de maior destaque na literatura infantil. Criou a "Editora Monteiro Lobato" e mais tarde a "Companhia Editora Nacional". Foi um dos primeiros autores de literatura infantil de nosso país e de toda América Latina. Metade de suas obras é formada de literatura infantil. Destaca-se pelo caráter nacionalista e social. Sabemos que, do hábito de leitura dependem outros elos no processo de educação. Sem ler, o aluno não sabe pesquisar, resumir, resgatar a ideia principal do texto, analisar, criticar, julgar, posicionar-se. Assim estimulando a leitura, faremos com que nossos alunos, compreendam melhor o que estão aprendendo na escola, e o que acontece no mundo em geral. Observa-se que as turmas, de um modo em geral, não têm hábito de leitura. Diante dessa realidade torna-se necessário formular uma sequência de atividades de leituras que despertem nos alunos o interesse e o prazer pela leitura, pois a leitura tem grande importância para o desenvolvimento do indivíduo em seu contexto social, tendo como ponto de partida, as histórias infanto-juvenis, visando, assim, despertar a curiosidade e o gosto do aluno pela leitura. Como estamos no mês de abril e neste mês comemora-se o dia de Monteiro Lobato iremos trabalhar uma sequência didática durante esta semana e no final cada escola fará sua culminância de acordo com as possibilidades.

Objetivo Geral
Despertar o gosto pela leitura, de forma com que cada estudante se conscientize da função e importância da leitura para seus estudos e o conhecimento

Objetivos Específicos:
·        Reforçar o prazer da leitura pelo esforço de aprender e melhorar os estudos;
·        Incentivar alunos para o hábito da leitura,
·        Estimular o gosto pelo contar e ouvir histórias;
·        Perceber a leitura como um processo dinâmico;
·        Recriar histórias através de textos orais e escritos.
·        Levar a Literatura de Monteiro Lobato ao conhecimento dos estudantes , demonstrando a importância da leitura, ajudando-as a perceber o quanto podem aprender de forma prazerosa.
·        Oportunizar aos alunos da Educação Infantil o contato com a obra de Monteiro Lobato e os personagens do Sítio do Pica- Pau Amarelo.
·        Estimular o interesse pela pesquisa.
·        Viajar” com a turma do Sítio do Pica- Pau Amarelo, em busca de novos conhecimentos

Descrição: Imagem relacionada 

ATIVIDADES  SOBRE  MONTEIRO LOBATO

1-BIOGRAFIA para Estudo

O CRIADOR DO SÍTIO DO PICAPAU AMARELO

            O pai de Narizinho, de Pedrinho, da Tia Nastácia, da Dona Benta, do Visconde de Sabugosa e da boneca Emília, além de outros personagens de histórias infantis, contribuiu para dar um colorido especial à literatura infantil brasileira. Estamos falando de Monteiro Lobato, nascido em Taubaté, no estado de São Paulo, em 18 de abril de 1882.
            Formado em Direito, iniciou sua vida profissional como promotor público e já escrevendo para jornais. Em O Estado de São Paulo, publicou, em 1917, vários artigos nos quais apareceu pela primeira vez o personagem Jeca Tatu, numa referência ao caipira brasileiro. No ano seguinte, reuniu alguns deles em seu primeiro livro de contos, com o título Urupês.
            Monteiro Lobato foi pioneiro no lançamento de obras infantis em nosso país, começando com A menina do narizinho arrebitado, seguida de várias outras. Em 1947, o escritor lançou o personagem Zé Brasil, uma versão do camponês que sofre para conseguir um pedaço de chão para cultivar. Apesar de ter morrido em 1.948, Monteiro Lobato continua vivo até hoje por causa de suas ideias.

Monteiro Lobato

NASCEU EM 18 DE ABRIL DE 1882, UM MENINO COM UM NOME ENGRAÇADO QUE CRESCEU E CRIOU LINDOS CONTOS QUE ENCANTAM. SEU NOME É MONTEIRO LOBATO. ESCREVEU SOBRE AS INVENÇÕES, SOBRE O SÍTIO QUE VOCÊ CONHECE. E COM NOME DE PÁSSARO ENCANTA CRIANÇAS E ADULTOS.


RESPONDA:

Você sabe de qual sítio o texto está falando?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
Escreva alguns  personagens criados por Monteiro Lobato, que você já conheceu:
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Escreva sobre um dos personagens que você gosta.
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

CONHECENDO UM POUCO DO AUTOR
TODA HISTÓRIA TEM UM AUTOR, E TODO AUTOR TEM UMA HISTÓRIA. A ESSA HISTÓRIA CHAMAMOS DE BIOGRAFIA.
CONHEÇA UM POUCO DA BIOGRAFIA DESSE AUTOR QUE CRIOU OS PERSONAGENS INCRÍVEIS DESSE MUNDO DE AVENTURAS E FANTASIAS : SÍTIO DO PICAPAU AMARELO.

MONTEIRO LOBATO

        José Bento Monteiro Lobato nasceu na cidade de Taubaté, no estado de São Paulo, no dia 18 de abril de 1882.Aos 15 anos perdeu os pais e passou a viver com o avô, o Visconde de Taubaté. Formou-se advogado e começou a escrever livros para adultos. Ele foi um dos primeiros escritores a fazer literatura infantil em nosso país, pois poucas pessoas pensavam em escrever histórias para crianças. Passou então a ser o maior escritor de livros infantis e chegou a fundar uma editora para divulgar os livros e combater o analfabetismo. Em quase todos seus livros para crianças aparecem os personagens do famoso Sítio do Pica-Pau Amarelo: Dona Benta, Emília, Pedrinho, Narizinho, Tia Nastácia, o Visconde De Sabugosa, o Marquês De Rabicó.
       Seus livros mais apreciados são: O Pica-Pau Amarelo, Reinações De Narizinho, O Poço Do Visconde, Emília No País Da Gramática, Geografia De Dona Benta, O Saci, Viagem Ao Céu, História Do Mundo, O Marquês De Rabicó, Fábulas, Caçadas De Pedrinho e outros. Em homenagem ao maior escritor da literatura infantil brasileira, foi escolhido o dia 18 de abril como dia do livro, data do nascimento de Monteiro Lobato. Em 4 de julho de 1948, Monteiro Lobato morreu em São Paulo.


LEIA A BIOGRAFIA DE LOBATO E RESPONDA AS PERGUNTAS:

1) QUAL O SEU NOME COMPLETO (AUTOR)?
2) EM QUE DIA NASCEU?
3) EM QUE CIDADE NASCEU ?
4) EM QUE ESTADO FICA ESTA CIDADE ?
5) SE FORMOU EM QUE ?
6) QUAL A SUA PROFISSÃO?
7) QUE PERSONAGENS ELE CRIOU ?
8) CITE TRÊS DE SUAS OBRAS:








-Ler e interpretar: O CASAMENTO DE EMÍLIA


CHEGOU A HORA! VIERAM VINDO OS NOIVOS.
EMÍLIA, DE VESTIDO BRANCO E VÉU; RABICÓ, DE CARTOLA E FAIXA DE SEDA EM TORNO DO PESCOÇO. VINHA MUITO SÉRIO, MAS ASSIM QUE SE APROXIMOU DA MESA E SENTIU O CHEIRO DAS COCADAS, FICOU DE ÁGUA NA BOCA, ASSANHADÍSSIMO. NÃO VIU MAIS NADA.
 LOGO DEPOIS VEIO O PADRE E CASOU-OS.
 NARIZINHO ABRAÇOU EMÍLIA E CHOROU LÁGRIMAS DE VERDADE, DANDO-LHES MUITOS CONSELHOS.
 DEPOIS, COMO A BONECA NÃO TIVESSE DEDOS, ENFIOU-LHE NO BRAÇO UM ANELZINHO SEU.
 PEDRINHO FEZ O MESMO COM O MARQUÊS: ENFIOU-LHE NO BRAÇO UMA ALIANÇA DE LARANJA, QUE RABICÓ POR DUAS VEZES TENTOU COMER.
 OS OUTROS ANIMAIS DO SÍTIO, AS CABRAS, AS GALINHAS E OS PORCOS, TAMBÉM ASSISTIRAM A FESTA, MAS DE LONGE. OLHAVAM, OLHAVAM, SEM COMPREENDEREM COISA NENHUMA.
( LOBATO, Monteiro - TRECHO DO LIVRO O CASAMENTO DA EMÍLIA).

 2)Agora responda com atenção:

A-  COMO A NOIVA ESTAVA VESTIDA ?
...........................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................

B-  QUEM CHOROU AO ABRAÇAR A NOIVA ?
............................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................

C- COM QUEM EMÍLIA SE CASOU?
...........................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................

D- QUEM É O AUTOR DO TEXTO?
.........................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................

E- QUEM SÃO OS PERSONAGENS DESTA HISTÓRIA?
............................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................

F- QUANTOS PARÁGRAFOS HÁ NO TEXTO?
Descrição: Imagem relacionadaSequência Didática:

1º dia  : 16 de abril  :  Segunda - feira
Apresentação da Biografia de Monteiro Lobato
Leitura de texto retirado da obra de Monteiro Lobato
Atividades de vocabulário compreensão e interpretação de texto
Montagem da linha do tempo referente  a  vida do autor

  Dia: 17  de abril  : Terça - feira
Análise da Biografia de autor
Leitura do texto da obra de Monteiro Lobato
Estudo do vocabulário compreensão e interpretação do texto
Produção escrita: narração recontar a história modificando alguns elementos da narrativa, por exemplo, a   conclusão
Estudos gramaticais fonemas e letras.

3º Dia :  18 de Abril Quarta- feira
TEXTO  ( Escolher  algum  do autor )
Estudo do vocabulário, compreensão e interpretação do texto
Dramatização da leitura
Elaboração de mural vida e obra  de Monteiro Lobato
Variedade lingüística: Jeca Tatu

  Dia : 19  de Abril :  Quinta - feira texto Narrativo Fábula
Leitura de uma fábula recontada  por Monteiro Lobato
Debate sobre a moral da história
Compreensão e interpretação do texto
Onomatopeia a fala dos animais
Redação: Uma fábula empregando onomatopeia
Produção de texto

5º Dia  : 20 de Abril : Sexta-feira 
Oficina de arte
Confecção de máscaras ,vestimentas, fantoches etc. dos  personagens do Sítio do Pica-Pau Amarelo
Exposição dos trabalhos produzidos  pelos alunos e exibição  de peças
Dramatizações  etc

Observação
Pode-se  empregar  na confecção dos trabalhos  material  reciclável como garrafas de refrigerantes, jornais caixas de margarinas ,retalhos  de tecido  etc De acordo com a criatividade do professor e disponibilidade do aluno.

Dramatização

TEATRO SITIO DO PICAPAU AMARELO
– SACI ENTRA BAGUNÇA A MESA E FALA:
- EU VOU APRONTAR E BAGUNÇAR TUDINHO...... (VAI PARA O CANTINHO DO PALCO).
– TIA NASTACIA – ENTRA NA COZINHA E FALA:
- MEU DEUS ESTA TUDO BAGUNÇADO SÓ PODE SER O SACI.(COMEÇA ARRUMAR A BAGUNÇA)
NARRADOR – NASTACIA FALOU COM TIO BARNABÉ QUE CONTOU PARA PEDRINHO E ESTE FICOU BRAVO.
– PEDRINHO ENTRA E FALA:
- EU VOU PEGAR O SACI E COLOCAR DENTRO DA GARRAFA. (SAI DA SALA).
NARRADOR – ENQUANTO ISSO NARIZINHO ANDANO SITIO COM SUA BONECA.
– NARIZINHO – PASSEIA COM A BONECA NAS MAOS E DIZ:
- EMILIA GOSTARIA TANTO QUE VOCE FALASSE.
NARRADOR = NARIZINHO PENSA EM LEVAR EMILIA AO PRINCIPE ESCAMOSO QUE FALOU QUE O DOUTOR CARAMUJO TEM UMAS PIRULAS MILAGROSAS. ELA VAI ATRAS DO DOUTOR CARAMUJO E AO DAR AS PIRULAS PARA EMILIA ELA SAI FALANDO ATORMENTANDO TODOS DO SITIO.
ENQUANTO ISSO DONA BENTA RECEBE UMA VISITA IMPORTANTE.TOC TOC TOCTOC
CAROLINA – DONA BENTA -NASTACIA!NASTACIA! VAI ATENDER A PORTA.
A NASTACIA DEVE ESTAR OCUPADA EU VOU ATENDER A PORTA. (LEVANTA E VAI FAZER QUE ABRE A PORTA E FALA)
- SR LOBATO QUE VISITA ILUSTRE!CARLOS EDUARDO – LOBATO : É UM PRAZER!
NARRADOR: DONA BENTA PEDIU PARA NASTACIA FAZER UNS BOLINHOS DE CHUVA.
LOBATO = DONA BENTA ESTOU QUERENDO ESCREVER MINHAS MEMORIAS E PRECISO DE SUA AJUDA.
NARRADOR = DONA BENTA FICA FELIZ POIS LOBATO VEIO AO LUGAR CERTO E PEDE QUE NASTACIA CHAME A TURMA QUE O SENHOR LOBATO ESTA NO SITIO E TODOS SE APRESENTAM

EMILIA = BONECA DE PANO QUE GANHOU VIDA E FALA TUDO O QUE PENSA.
PEDRINHO = NETO DA DONA BENTA E PRIMO DE NARIZINHO. MENINO DE GRANDE CORAGEM, FOI O ÚNICO QUE CONSEGUIU PRENDER O SACI.
NARIZINHO = NETA DA DONA BENTA. TEM ESSE APELIDO PELO SEU NARIZ
ARREBITADO.DONA BENTA = É A DONA DO SITIO E TEM CERCA DE 60 ANOS. É UMA
VOVO CARINHOSA.NASTACIA = ALEM DE CUIDAR DA COZINHA E COZINHAR MUITO BEM ELA É UMA FAZ TUDO E UMA BOA CONTADORA DE ESTÓRIAS.
QUINDIM = RINOCERONTE QUE FUGIU DO CIRCO E FOI PARAR PERDIDO NO SITIO. É UM CRAQUE NA GRAMATICA.
SACI = MENINO DE UMA PERNA SÓ QUE FAZ MUITAS ESTRIPULIAS.
VISCONDE = BONECO FEITO DE SABUGO DE MILHO E PALHA, QUE ACREDITA NAS
VERDADES ESTRITAS NOS LIVROS, É UM VERDADEIRO SÁBIO.
JOANINHA, BORBOLETA, GRILO = PERSONAGENS QUE ILUSTRAM OS LIVROS E
ALEGRAM NOSSAS LEITURAS JUNTAMENTE COM A TURMA DO SITIO.
NARRADOR – NISSO ENTRA A CUCA ASSUSTANDO TODOS E DIZENDO:
– CUCA : - NÃO LEMBRARAM DE MIM!!!
NARRADOR = EMILIA FALA:
EMILIA: PORQUE DEVERIAMOS LEMBRAR VOCE NÃO TEM MEMORIA!
CUCA: VOU ME VINGAR!!!!
TERMINAMOS AS MEMORIAS DE LOBATO E SUAS HISTORIAS FICARAM REGISTRADAS NOS LIVROS QUE NOS FAZEM VIAJAR ATE OS DIAS DE HOJE. (ENTRA AS CRIANÇAS CADA UM COM SEU LIVRO).
NASTACIA = EU VOU PREPARAR BOLINHOS DE CHUVA
TODOS= OBA!!!
PEÇA DE TEATRO - A PÍLULA FALANTE

Quem não conhece O Sítio do Pica-pau Amarelo? E o episódio da Pílula Falante?
Entre os trabalhos que tivemos que realizar no ano passado para a Faculdade, fizemos uma peça de teatro sobre Monteiro Lobato, resolvemos fazer uma representação da "Pílula Falante". Onde eu era a Narizinho, foi muito divertido e gostaria de compartilhar com vocês o roteiro da peça, espero que seja útil para vocês, para usarem com as crianças, ou até mesmo para trabalho de Faculdade. Além de representar a turma do Sítio do Pica-pau Amarelo, tínhamos que falar também do Monteiro Lobato, ficou bem interessante. Fizemos também vários cartazes pequenos com a figura de todos do sítio, como este ao lado.
Espero que gostem! A seguir o roteiro da Peça:
A PÍLULA FALANTE
Narrador –No Sítio do Pica-Pau Amarelo mora uma senhora chamada Dona Benta, vive afastada da correria e do barulho da cidade grande.
(Música do Sítio / Entra Dona Benta)
Narrador - Junto com Dona Benta mora a Negra Tia Nastácia, que adora fazer bolinhos de chuva.
(Entra Tia Nastácia, com uma panela)Dona Benta – Humm! Que cheiro bom este! O que você está fazendo?
Nastácia – Estou preparando alguns bolinhos de chuva. Dona Benta – Ai que delicia!
Narrador –No sítio mora também a neta de Dona Benta, Lúcia, mais conhecida como Narizinho. Ela vive no mundo de fantasias, e não desgruda de sua boneca Emília, feita de pano pela Tia Nastácia.
(Música da Narizinho)
Entra a Narizinho
Narizinho – Vovó. Queria tanto que Emília falasse como nós, para ter com quem conversar.
Dona Benta – Hahaha, ela é apenas uma boneca, não tem como ela falar.
Narizinho – Tem sim, quando eu fui lá ao Reino das Águas Claras, o Doutor Caramujo me deu uma de suas pílulas, para que eu desse a Emília e ela começasse a falar.
Nastácia – Aonde já se viu boneca falar, pílula falante, caramujo ser doutor, isso é coisa da sua imaginação.
Dona Benta para Tia Nastácia – Essa minha neta tem cada ideia, hahaha.(Dona Benta e Tia Nastácia saem rindo (Dá a pílula para a boneca e a coloca dentro da caixa de costura, e senta no chão ao lado da caixa)
(Música da Emília – apenas as primeiras estrofes)(Emília sai aos poucos de dentro da caixa)
Narizinho – Vovó, Tia Nastácia, venham até aqui, rápido!
(Emília fica testando a voz)(Narizinho da um leve tapa nas costas de Emília)Narizinho – Fala Emília, fala Emília, fala.
Emília – Estou com um horrível gosto de sapo na boca. Eca!
Narizinho – Uhuulll! Viu vovó, como minha boneca pode falar!
Emília – Mas que caras são essas? Quem são todos esses? Pra que tanta gente? Tem festa aqui hoje, é? E vocês? Sabem por que elas estão com essas caras de corujas azedas? Quem são vocês? Qual seu nome? E a sua idade? Você estuda? Tem q estudar pra ficar tão inteligente quanto eu! E você ai, gosta do Sítio?
(Música Emília – refrão / Todos começam a dançar)
Narrador – No sítio do Pica-Pau Amarelo tudo é possível, a fantasia se mistura com a realidade, e assim, criando muitas aventuras com essa turminha.
Dona Benta – E alguém aqui sabe me dizer quem foi Monteiro Lobato?
Emília – Eu sei é claro, porque sou muito inteligente! Ele foi um grande nome da literatura brasileira, nasceu em Taubaté, na cidade de São Paulo, no ano de 1882.
Dona Benta – Isso mesmo Emília! E Monteiro Lobato começou publicando seus primeiros contos em jornais e revistas.
Nastácia – E estes contos foram colocados em um dos livros dele, que se chama Urupês.
Narizinho – Mas ele é mais conhecido entre as crianças por seus personagens: Emília, Dona Benta, Tia Nastácia, e muitos outros que fazem parte do Sítio do Pica-Pau Amarelo.
Nastácia – No ano de 1948, Monteiro Lobato morreu, mas nos deixou esse grande sucesso, adorado pelas crianças e também por muitos adultos.
Dona Benta – E a gente vai ficando por aqui, mas daqui a pouco, vamos ter muitas mais aventuras.
(Música do Sítio do Pica-Pau Amarelo)
                          O CRIADOR DO SÍTIO DO PICA-PAU AMARELO

            O pai de Narizinho, de Pedrinho, da Tia Nastácia, da Dona Benta, do Visconde de Sabugosa e da boneca Emília, além de outros personagens de histórias infantis, contribuiu para dar um colorido especial à literatura infantil brasileira.
            Estamos falando de Monteiro Lobato, nascido em Taubaté, no estado de São Paulo, em 18 de abril de 1882.Formado em Direito, iniciou sua vida profissional como promotor público e já escrevendo para jornais. Em O Estado de São Paulo, publicou, em 1.917, vários artigos nos quais apareceu pela primeira vez o personagem Jeca Tatu, numa referência ao caipira brasileiro. No ano seguinte, reuniu alguns deles em seu primeiro livro de contos, com o título Urupês.
            Monteiro Lobato foi pioneiro no lançamento de obras infantis em nosso país, começando com A menina do narizinho arrebitado, seguida de várias outras. Em 1.947, o escritor lançou o personagem Zé Brasil, uma versão do camponês que sofre para conseguir um pedaço de chão para cultivar. Apesar de ter morrido em 1.948, Monteiro Lobato continua vivo até hoje por causa de suas ideias.

ESTUDANDO O TEXTO

1- Assinale nas alternativas abaixo o que o texto conta:
      A- Uma das histórias de Monteiro Lobato.
      B- Um pouco sobre a vida de Monteiro Lobato.
      C- Uma entrevista realizada com Monteiro Lobato.

2- Como é chamado esse tipo de texto?    A- entrevista   B- notícia  C- biografia

3- Qual o nome da cidade onde nasceu Monteiro Lobato?
A-   São Paulo          B-   Taubaté             C-   Itu

4- Em qual estado podemos localizar esta cidade?
A-   Minas Gerais          B-   Rio de Janeiro         C-   São Paulo
5- Monteiro Lobato escreveu muitos livros. Qual foi o seu primeiro livro infantil? Assinale a alternativa correta:
    
 A- A menina do narizinho arrebitado.     B- Jeca Tatu   C- O Sítio do Pica-Pau amarelo

6- Qual o significado da afirmativa: “Apesar de ter morrido em 1.948, Monteiro Lobato continua vivo até hoje por causa de suas ideias”.?
A-     Significa que ele ainda está vivo.      
B- Significa que ele está vivo dentro de seus livros. C- Significa que Monteiro Lobato é mentiroso.

7- Por que Monteiro Lobato é considerado o “pai” de Narizinho, de Pedrinho, da Tia Nastácia, da Dona Benta...?

A- Porque ele foi casado com a mãe destes personagens.
B-     Porque ele adotou estes personagens. 
C-    C- Porque ele é o criador destes personagens.

8- “Monteiro Lobato foi pioneiro no lançamento de obras infantis em nosso país.” Qual é o significado da palavra destacada?
    
A- primeiro            B- peão de rodeio           C- jornalista

9- Em “...contribuiu para dar um colorido especial à literatura infantil brasileira.”?

A-   a literatura ficou verde, azul e amarela.  B-   a literatura era preta e branca.
C-   a literatura passou a ter um brilho especial.

10- Assinale qual o ano em que Monteiro Lobato criou o personagem Jeca Tatu:
A-   1.882                B-   1.917             C-   1.947

11- E o personagem Zé Brasil?      A-   1.917         B-   1.927  C-   1.947
12- Marque a afirmativa correta
A-   Jeca Tatu é um caipira brasileiro. B-   Jeca Tatu é um jornalista. C-   Jeca Tatu é um promotor público.
13- Qual era a intenção de Monteiro Lobato quando criou o personagem Zé Brasil?
A-   lançar uma versão dos “Sem Terra”.
B-   lançar uma versão do camponês que sofre para conseguir um pedaço de chão para cultivar.
C-   lançar um novo personagem para o Sítio do Pica-Pau Amarelo.

 14- No texto, há várias palavras escritas com letra inicial maiúscula. Encontre a alternativa correta sobre o uso da letra maiúscula.
A-   Monteiro Lobato - Zé Brasil - literatura.
B-   Narizinho – Pedrinho – colorido                C-   Emília – Taubaté – Urupês

15- Das afirmativas abaixo, qual menciona os nomes dos livros publicados por Monteiro Lobato?
A-   Urupês e A menina feia.
B-   A menina do narizinho arrebitado e Urupês.
C-   A menina do narizinho arrebitado e A folha de São Paulo

16- Qual o nome do jornal que Monteiro Lobato publicou vários artigos?
     A-   Jornal de Jundiaí        B-   Jornal O Estado de São Paulo  C-   Jornal A Folha de São Paulo

17- Quais são personagens criados por Monteiro Lobato?
      A-   Zé Brasil – Jeca Tatu – Emília – Narizinho – Pica-Pau Amarelo
      B-   Zé Brasil – Jeca Tatu – Emília – Narizinho – Bob Esponja
      C-   Zé Brasil – Jeca Tatu – Emília – Narizinho – Pedrinho
FONTES : web