Viajando No Mundo dos Contos de Fada

Viajando No Mundo dos Contos de Fada

sábado, 20 de abril de 2013

Secretaria de Educação Cultura e Esportes


Secretaria  de Educação Cultura  e Esportes
Praça 29 de Dezembro nº 57
Email:educortesfeliz@yahoo.com
Orkut: secretariadeedu#@hotmail.com
Blogger :Educando Para  Um  Futuro feliz

                                                             LEMBRETES
Caros diretores e coordenadores

Chegou  o início de um novo ano e este pode ser um bom momento para a equipe avaliar as práticas escolares e redefinir o que vai manter ou modificar. Para isso é importante avaliar as ações que a equipe executou em 2012  e planejar as atividades futuras. Para  isso  algumas ações  se faz necessário  para  a  realização de um trabalho com eficácia  .Segue algumas sugestões imprescindíveis .

Elaborar  o Plano de Ação da Coordenação Pedagógica em consonância com o Projeto Político Pedagógico escolar;Não esquecer  de  colocar o Painel  de Gestão.
Trabalhar em parceria com o diretor e coordenador , contribuindo para uma administração eficiente e eficaz
Zelar pelo cumprimento do calendário escolar;
Vivenciar na escola  as datas comemorativas de acordo com o calendário  anual.(Implementando  os temas transversais )
Motivar e auxiliar os professores a fazerem o uso de diversas técnicas lúdicas como: música, teatro, danças, poesias, coreografias, dramatizações, etc.
Propiciar momentos na qual a família possa ser participante ativa no processo ensino aprendizagem;
Elaborar gincanas educativas, visando à leitura, conhecimentos gerais e matemáticos;
Acompanhar os casos de dificuldades de aprendizagem, procurando encaminhar junto à família ou órgão competente .
Oportunizar mensalmente ou ( quinzenalmente de acordo com as necessidades ) as reuniões pedagógicas.
Dar atenção individual e coletiva a todos envolvidos no Processo Ensino - Aprendizagem;
Pesquisar e acompanhar as causas da evasão, repetência e o rendimento escolar dos alunos;
Propiciar o trabalho em conjunto por área, por séries, para analisar, discutir, estudar e aperfeiçoar as questões pertinentes ao processo Ensino - Aprendizagem (multidisciplinares);
Estimular a criatividade dos professores e a integração do corpo docente;
Incentivar os docentes em trabalhos de equipe, incrementando um trabalho coletivo, coerente e articulado com a proposta pedagógica da escola.
Elaborar , coordenar  ,incentivar  e valorizar  os  Projetos Didáticos
Dar suporte pedagógico ao professor, auxiliando-o a encontrar melhores estratégias de ensino, favorecendo  a  aprendizagem significativa.
Estimular, acompanhar e participar da elaboração do Projeto Político-Pedagógico, junto com os demais segmentos da escola;
Coordenar  as atividade  Pedagógicas; participar de reuniões , capacitações e programas de formação continuada;
Trabalhar os dados estatísticos dos resultados de desempenho do aluno, visando à melhoria do processo ensino e aprendizagem;
Disponibilizar informações e apoio às necessidades dos professores no planejamento curricular;
Promover na escola  a  formação continuada dos professores;
Desenvolver  o  Processo de Avaliação  de  desempenho como instrumento de acompanhamento do trabalho  desenvolvido, visando  o aprendizado do aluno.
Registrar os avanços da aprendizagem do aluno; Manter-se atualizado quanto às novas  metodologias educacionais;
Trabalhar  o  Currículo voltado para a realidade   do aluno;
Elaborar  apostilas de sugestões  de  atividades de  acordo com as áreas  de ensino.
Estimular a criatividade dos professores e a integração do corpo docente;Redirecionar as aulas-atividades do professor trabalhando em conjunto trocando experiências.
Orientar  Conselhos  de  classe trazendo  como  foco o  aluno  que  está apresentando  dificuldades  ou problemas que prejudicam a sua  aprendizagem.
Definir  o  perfil  de  saída  a ser  alcançado pelos   alunos  de cada  série  de  ensino.*Monitorar o planejamento  e registro   de  aulas ,  apresentado  por  cada   docente respectivamente.
Reunir (mensalmente ou quinzenalmente) professores para discutir medidas para melhorar o  desempenho dos  alunos.
Promover  Feira  de  Conhecimento. Realizar   oficinas  de  leitura   dramatizada.Estimular  atividades que viabilizem a prática da leitura  e   pesquisas, apresentando  projetos ao  ar livre.
Utilizar  os erros  nas avaliações  gerais  para  replanejar  novos  métodos   de ensino-aprendizagem.
Premiar com  medalhas  e certificados  alunos e professores padrão   no final  do  ano  letivo.
Realizar  oficinas  de  leitura   dramatizada.
Enviar  relatórios  das  atividades  vivenciadas nas escolas .
Monitorar  o registro  do  diário de classe
Realizar  reuniões de  planejamento  nas  escolas   em que  atuam .
Realizar  palestras   nas  escolas  com o intuito   de trazer a família  para  escola.
Destacar  a importância   da   realização  de   reuniões de pais   e  mestres  .
Acompanhar o rendimento dos alunos para o replanejamento de ações de intervenção Organização do mapeamento do rendimento por turma bimestralmente;
Promover atividades (eventos, palestras) de cunho educativo, social e cultural para os pais. Atendimento aos pais de forma individualizada; Estabelecer parceria com os responsáveis a fim de obter melhores resultados com relação ao comportamento e ao rendimento escolar
Identificar as necessidades e as dificuldades relativas ao desenvolvimento do processo educativo da escola Orientação da elaboração dos instrumentos avaliativos junto aos docentes;
Análise dos registros avaliativos .Discutir os resultados das avaliações; Pautar os momentos de planejamento nos resultados da avaliação; Realizar estudos relacionados a práticas avaliativas;
Reflexão sobre a importância do planejamento de ações que garantam o desenvolvimento das capacidades pertinentes à avaliação da Prova Brasil.

Trabalhar os descritores do  SAEPE  e   Prova Brasil   por  meio de oficinas*Promover  encontros pedagógicos  com coordenadores e professores para trabalhar  os descritores
PROVA BRASIL O QUE É AVALIADO? Ao contrário do que muitos pensam, a Prova Brasil não se preocupa em avaliar o aluno individualmente, e sim o sistema de ensino de cada escola, promovendo um balanço da situação educacional no país. A prova, aplicada em alunos do primeiro e último ano do Ensino Fundamental, não engloba todo o conteúdo do currículo escolar, mas sim as competências que alunos das faixas etárias em questão devem dominar.
PROVA BRASIL:  Enquanto a prova de matemática foca competências relacionadas a tratamento da informação, grandezas, medidas, espaço, forma, números e operações, a prova de língua portuguesa visa avaliar o aluno no que diz respeito à capacidade de leitura, absorção, interpretação e crítica.
PROVA BRASIL QUAL É A DIFERENÇA ENTRE O SAEB E A PROVA BRASIL? Muitos confundem as avaliações por serem complementares. Ambas são desenvolvidas pelo Inep/MEC e têm como objetivo diagnosticar a qualidade de ensino no país. A base das provas é a mesma e foca as disciplinas de língua portuguesa e matemática, a diferença esta essencialmente na aplicação.
PROVA BRASIL:  Enquanto o Saeb é uma avaliação por amostra, ou seja, nem todas as turmas e estudantes de 4ª e 8ª séries (5º e 9º ano) do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio participam - apenas os sorteados - a Prova Brasil é destinada a todos os alunos de 4ª e 8ª séries (5º e 9º ano) do Ensino Fundamental de escolas públicas da rede rural e urbana. Além disso, a Prova Brasil disponibiliza os resultados por escola, município e estado, ao contrário do Saeb.
PROVINHA BRASIL Criada em consonância com o objetivo do PDE – Plano de Desenvolvimento da Educação- de viabilizar ações que contribuam para a equidade e qualidade da Educação Básica brasileira.É aplicada aos alunos que estão iniciando o 2º Ano ou 2ª Etapa do 2º Ciclo. SAEB ( Sistema de Avaliação da Educação Básica ) E PROVA BRASIL: são dois exames complementares que compõem o Sistema de Educação Básica.Alguns Conceitos
MATRIZ DE REFERÊNCIA : é a base de referência para a elaboração dos itens dos testes do Saeb e Prova Brasil; ITEM: é a denominação adotada para as questões que compõem a prova; DESCRITOR : é uma associação entre conteúdos curriculares e operações mentais desenvolvidos pelo aluno

Nenhum comentário:

Postar um comentário