Viajando No Mundo dos Contos de Fada

Viajando No Mundo dos Contos de Fada

quinta-feira, 25 de abril de 2013

TEATRO DOS ALIMENTOS


TEATRO DOS ALIMENTOS
Inicialmente há um jogo de luzes. Quando este termina surgem dois ou três instrumentos – bidão, caixa tipo xilofone e triângulo.Aparece o Leite distraído a cantarolar – trá-lá-lá-lá-lá…
Leite:         Ei! Tantos meninos e meninas!Hum…Tive uma ideia e se vocês viessem fazer uma viagem comigo?Sabem…É que eu sou muito curioso e queria conhecer novos amigos!Então, cá vamos nós!Surge o som de um instrumento (xilofone) imitando-se o caminhar.Vai surgindo uma cenoura a cantarolar.
Leite:         Ah! Está ali alguém! Quem será? É tão bonita! Vamos perguntar quem é?O leite aproxima-se da cenoura.
Leite:         oh! És tão linda que até me encantas! Mas quem és tu? És uma lâmpada? És um guardanapo?
Cenoura:Oh, Leite! Então não vês que eu sou u alimento! Sou a Senhora Cenoura! Já viste as minhas cores? São tão vivas e encantadoras! Eu sou muito rica em vitaminas, faço bem aos olhos, à pele, à garganta… Podem-me comer crua, tal como os coelhos me comem, ou cozida.
Leite:         Olha, mas estás aqui a fazer o quê? Cenoura:Estava aqui a cantar uma canção!
Leite:       Bem Senhora Cenoura, agora eu vou embora, pois quero continuar a minha viagem!
Cenoura:Não! Não vás! Fica! Oh! Vou ficar a chorar porque eu gostei tanto de ti!
Leite:         Tenho que ir! Tenho que ir! Olha, mas não fiques triste porque logo amanhã eu faço anos e tu estás convidada para ir à minha festa!
Cenoura:     Está bem, eu vou!
Leite:         Xau! Até amanhã!
O Leite recomeça a caminhar e ouve-se novamente o xilofone.
Entretanto surge uma grande tempestade, ouve-se o vento (jornais e uivos) e o Leite movimenta-se para trás e para a frente e dá um rodopio, caindo de repente no mar.
Leite:         Ai tanta água! Caí ao mar! Socorro, socorro! Não sei nadar!Neste momento surge um peixe.
Peixe:Ai! Um pacote de Leite aqui no mar?! Que estranho!
Leite:         Socorro! Socorro!
Peixe:Oh meninos? Vocês acham que eu devo salvar o pacote de Leite?(As crianças respondem sim ou não – é necessário improvisar)
Leite:         Não? Mas eu faço tão bem à saída! Sou tão branquinho! Sou tão importante para os meninos poderem brincar, correr, saltar… Eu dou cálcio aos ossos. Ajudo a crescer e a bem viver! E ainda ponho os dentes branquinhos! Oh! Ajudem-me.
Peixe:Pronto, pronto! Sobe lá para cima das minhas cavalitas que eu levo-te até à praia!
O Leite sobe para cima do peixe.
Leite:         Oh peixe, como é que te chamas?
Peixe:Eu? Eu sou o peixe pimpão, o saborosão, o fortão…Sou bom! Toda a gente gosta de mim, quer seja com batatas, quer com arroz, ou salada… Sou bom! Bem Leite, já chegámos! Salta daí! O Peixe atira o Leite para a praia.
Leite:         Ai! Tens de te mais cuidado!O peixe prepara-se para ir embora.
Leite:         Olha espera, espera! Não te vás embora! Queres vir amanhã à minha festa de anos?
Peixe:O que é que vocês acham meninos? Vou ou não vou?(as crianças respondem que sim)
Peixe:Pronto, está bem, eu vou! Xau! Até amanhã!
Leite:         Uff! Estou todo molhado, acho que vou apanhar uma constipação!Aparece, de repente o Chupa-Chupa
Chupa-Chupa:Eu? Eu sou o Chupa-Chupa, não me conheces? Toda a gente gosta de mim, sou doce, bonito, colorido… E os meninos adoram-me! Não é meninos?(as crianças respondem…É!!!)
Leite:         Pois é! Tu és muito bonito, mas fazes muito mal, porque és muito doce e por isso fazes mal aos dentes e à barriga!O Chupa-Chupa chora.
Leite:       Pronto, acalma-te! Também não vale a pena chorares! Olha queres vir à minha festa de anos?
Chupa-Chupa:Sim! Sim!
Leite:       Então até amanhã!O Cupa-Chupa e o Leite saem de cena. Ouve-se o tic-tac de um relógio.
Narrador:O tempo passa…E chegou…a hora da festa!!!!Aparecem todas as personagens a cantar e a dançar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário