Viajando No Mundo dos Contos de Fada

Viajando No Mundo dos Contos de Fada

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

PROJETO ANUAL PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL



                     Educação Infantil
Secretária de Educação : Maria Eterilda Amorim Borba Assis
Diretora de Ensino:  Valdinere Alves dos Santos
Coordenação Infantil: Regina Célia Borges

                                           Cortês - 2016

                                                                     PROJETO ANUAL
Justificativa :

       Incrementar os conteúdos básicos para um projeto de cidadania ativa, abordando temas que devem ser abordadas no dia a dia em sala de aula ,despertando no aluno o sentimento de amor próprio para que possa ter ideal de vida e lutar pelos seus direitos, bem como ,  resgatar certos valores "adormecidos" na consciência humana.Por esse motivo, torna-se essencial refletirmos sobre a sociedade atual, fortalecendo e renovando as crenças, inserindo no processo educacional valores que possibilitem a formação integral de nossos discentes.
Os valores se constroem no convívio com o outro, nas ações do dia a dia e nós educadores precisamos assumir esse compromisso com o coração e com a ação; planejando atividades para refletir junto às crianças, sobre o comportamento humano, agindo em prol do bem comum, descobrindo a amizade, o respeito e a partilha.
Objetivo Geral
·         Trabalhar diversas temáticas conscientizando os alunos fazendo com que ele se reconheçam como seres  sociais em direitos e deveres. Tornando-o um cidadão capaz de conviver harmonicamente com as diferenças, respeitando os limites da convivência social, tendo como princípios básicos o amor próprio e aos seus semelhantes.
Objetivos Específicos
·         Conscientizar a população sobre a contribuição de cada um na prevenção da Dengue;
·         Proporcionar o conhecimento e a conscientização dos alunos acerca dos temas que envolvam
o meio ambiente e cidadania, desenvolvendo a construção de atitudes para a preservação e  o desenvolvimento sustentável;
·         Despertar nas crianças valores e ideias de responsabilidade para com as gerações   futuras;
·         Resgatar a valorização do ser humano e a importância das virtudes, como tendências para o bem, que devem ser ensinadas e partilhadas desde criança ;
·         Fortalecer os vínculos afetivos no âmbito educacional para desenvolver uma cultura de cooperação e camaradagem entre alunos e professores;
·         Propiciar o desenvolvimento de virtudes indispensáveis à formação humana; 
·         Transmitir valores como autoestima, paz, respeito às diferenças, amor ao próximo, amizade e solidariedade, visando contribuir na formação do caráter da criança.
·         Melhorar o comportamento na sala de aula, criando regras de convivência e dinâmicas que possibilitem a boa interação entre as   criança;
·         Oportunizar a criança diferentes situações lúdicas, para que através da convivência em grupo possa desenvolver a sociabilidade, autonomia, cooperação, respeito e  solidariedade .
Metodologia :
·         As atividades para se trabalharem valores na Educação Infantil podem ser exploradas de inúmeras maneiras: por meio de poesia, dança, cantos, histórias, cartazes, exposições, estímulo das linguagens oral e corporal, desenho, lista de palavras referentes aos valores trabalhados, pintura, painéis coletivos, apreciação de obras de arte e suas releituras.
Avaliação  :
·         A avaliação será feita através de observação e registros em fichas descritivas durante todo om processo do projeto , possibilitando acompanhar o desenvolvimento das aprendizagens das crianças. As informações serão  utilizadas para redefinir critérios e planejar novas estratégias que permitam o avanço no processo de construção do conhecimento.
·         Recursos:
·         Vídeos e filmes ;Revistas; Músicas; Jornais ,Materiais recicláveis;Dramatização;
·         Slides, vídeos ou cartazes ; Fábulas
                      TEMÁTICAS DE ESTUDO
Fevereiro
Todos Juntos Pela Educação :Nesse Carnaval Diga Não a Dengue
·       Dengue , Zica vírus  , Chikungunya
Março
·       Projeto Escola / Projeto Valores: Amor e Justiça: Trabalhar a importância desses valores a vida ,aos animais , a família , a natureza , a todos os seres.
Abril
·        Projeto Higiene  / Projeto Valores: Paz, União e Humildade:  Trabalhar a importância desses valores na escola , na família e na sociedade.
Maio
·       Projeto Valores: Partilha e Solidariedade:  Trabalhar a importância desses valores na escola , na família ,com os amigos e na sociedade.
Junho
Cuidar do Meio ambiente - Uma prática cidadã
·       Lixo ,Coleta seletiva , Reciclagem ,Poluição
Julho
·       Projeto Alimentação / Vivenciando os Valores: Amizade, Afeto e Compreensão:  Trabalhar a importância de viver em harmonia com todos os seres vivos.
Agosto
·       Folcloriando  com a Cultura Afro-indígena  /  Projeto Valores Respeito: Trabalhar a importância do respeito ao próximo, sem distinção de cor , raça ou religião
Setembro
Educação para o trânsito : Cidade Para as Pessoas : Proteção e Prioridade ao Pedestre / Vivenciando os Valores: Cooperação : Trabalhar a importância do auxílio ao próximo e do bem para vivermos em harmonia.
Outubro
·       Projeto Criança Feliz
Novembro
·       Projeto Valores: Verdade e Alegria :  Trabalhar a importância de viver em harmonia para o desenvolvimento da sociedade.
Dezembro
Encerramento das Atividades
Descrição: http://thumbs.dreamstime.com/thumb_294/1217258875yraLdV.jpg
 








quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Roteiro de atividades ; Mês de fevereiro

  Secretaria de Educação Cultura e Desporto
  Praça 29 de Dezembro nº 57
  Departamento de Ensino

  Roteiro de Fevereiro
Todos Juntos Pela Educação : Nesse Carnaval Diga Não a Dengue
Secretária de Educação:Maria Eterilda Amorim Borba Assis
Diretora de Ensino:  Valdinere Alves dos Santos

Cortês 2016
DATAS COMEMORATIVAS DE FEVEREIRO
DATAS
                                    ATIVIDADES

 01/02
Dia do Publicitário  A data homenageia os profissionais de comunicação social responsáveis em pensar, criar e desenvolver campanhas publicitárias destinadas à promover ideias, lugares, empresas, organizações, produtos, pessoas e etc
 09/02
Carnaval : A comemoração do Carnaval tem um significado todo especial em nosso país e é uma das festas mais esperadas por grande parte das pessoas, por sua tradição, cor, ritmo. É uma manifestação popular que ocorre de diferentes formas em várias regiões do Brasil, dependendo do contexto histórico e sociocultural de cada lugar. Entrelaçando as influências dos negros africanos, indígenas, nativos e europeus colonizadores, a cultura brasileira resultou em uma grande diversidade e riqueza de manifestações. Pensando nisso, pretendemos, neste trabalho, propiciar atividades que ampliem o conhecimento de nossos estudantes sobre o carnaval no Brasil, levando em consideração suas influências e fazendo um paralelo temporal desde os antigos carnavais até hoje.
09/02
Dia do Zelador : O zelador, também conhecido como porteiro, trabalha no setor de limpeza e manutenção de locais como edifícios, empresas, escolas e etc. Ele também é o responsável pela orientação dos outros funcionários do local onde trabalha, cuidando para que cada um cuida das suas respectivas tarefas. A profissão de zelador é muito importante, já que é ele que cuida para que o funcionamento dos edifícios estejam sempre de acordo com o planejado, procurando evitar problemas e imprevistos. 
16/02
O Dia do Repórter é comemorado em 16 de fevereiro e é dedicado aos profissionais jornalistas que trabalham na pesquisa da informação para diversos tipos de meios de comunicação, como o Rádio e a Televisão, por exemplo. Ele é o responsável por trazer as últimas notícias para o público, informando sobre os mais diversos fatos que possam interessar à eles. Ele produz reportagens onde são explicados fatos e situações, tendo como base fontes como pesquisas e também de testemunhas.

20/02
Estes importantes profissionais da saúde podem trabalhar em locais como farmácias, hospitais, laboratórios de análises clínicas e mais. Eles são especialistas no desenvolvimento e na manipulação de medicamentos, atuando principalmente com assistência farmacêutica. Este profissional do ramo da saúde é responsável pela manipulação, controle e desenvolvimento de medicamentos, como também de cosméticos, vitaminas, produtos de higiene e outros que são utilizados em seres humanos e animais. 
25/02
Dia do Carteiro Uma profissão mais antiga do que muitos imaginam. Em 2016 se comemoram 353 anos de atividade postal no Brasil. Mensageiros sempre existiram, desde a antiguidade, mas a profissão de carteiro como a conhecemos hoje, é bem mais recente. Apesar de muitas mensagens hoje em dia serem enviadas eletronicamente, o carteiro continua desempenhando um papel fundamental na sociedade atual. Carteiro é fundamental
27/02
Dia Nacional do Livro Didático
O livro didático é de grande importância para o aprendizado dos alunos. Possivelmente, é um dos primeiros contatos dos jovens com a leitura, além de contribuir para ajudar o professor a traçar estratégias de ensino O Dia Nacional do Livro Didático tem como objetivo salientar a importância de uma das principais ferramentas utilizadas pelos professores. Visto como um instrumento de intercâmbio educacional, o livro didático é fundamental para a formação de um estudante. A trajetória do livro didático no Brasil iniciou-se em 1929, com a criação do Instituto Nacional do Livro (INL). A política oficial passou por diversas adaptações, até chegar ao atual Programa Nacional do Livro Didático, criado em 1985.
BIBLIOGRAFIA
·         www sua pesquisa .com
·         www.brasilescola.com/carnaval/historia-do-carnaval

TEXTO INFORMATIVO
O QUE É CARNAVAL?
O carnaval é considerado uma das festas populares mais animadas e representativas do mundo. Tem sua origem no entrudo português, onde, no passado, as pessoas jogavam uma nas outras, água, ovos e farinha. O entrudo acontecia num período anterior a quaresma e, portanto, tinha um significado ligado à liberdade. Este sentido permanece até os dias de hoje no Carnaval. O Carnaval diz muito sobre a história do Brasil e da antiga sociedade europeia. Segundo algumas correntes, o Carnaval teria como marco inicial os cultos agrários de povos antigos como os egípcios, persas, fenícios e gregos. As comemorações marcavam o início da primavera, quando os povos dançavam ao redor de fogueiras, usando máscaras e adereços para a garantia de uma boa colheita. A festa só surgiu como verdadeira prática pagã (sem crença religiosa) no Império Romano. Depois, foi incorporada ao calendário católico pela Igreja e chegou ao Brasil junto à colônia portuguesa. Aqui a comemoração foi encorpada pelas manifestações culturais dos negros escravos, a grande massa popular no Brasil do século 19.  História do Carnaval
O entrudo chegou ao Brasil por volta do século XVII e foi influenciado pelas festas carnavalescas que aconteciam na Europa. Em países como Itália e França, o carnaval ocorria em formas de desfiles urbanos, onde os carnavalescos usavam máscaras e fantasias. Personagens como a colombina, o pierrô e o Rei Momo também foram incorporados ao carnaval brasileiro, embora sejam de origem europeia. No Brasil, no final do século XIX, começam a aparecer os primeiros blocos carnavalescos, cordões e os famosos "corsos". Estes últimos, tornaram-se mais populares no começo dos séculos XX. As pessoas se fantasiavam, decoravam seus carros e, em grupos, desfilavam pelas ruas das cidades. Está ai a origem dos carros alegóricos, típicos das escolas de samba atuais. No século XX, o carnaval foi crescendo e tornando-se cada vez mais uma festa popular. Esse crescimento ocorreu com a ajuda das marchinhas carnavalescas.
As músicas deixavam o carnaval cada vez mais animado. A primeira escola de samba surgiu no Rio de Janeiro e chamava-se Deixa Falar. Foi criada pelo sambista carioca chamado Ismael Silva. Anos mais tarde a Deixa Falar transformou-se na escola de samba Estácio de Sá. A partir dai o carnaval de rua começa a ganhar um novo formato. Começam a surgir novas escolas de samba no Rio de Janeiro e em São Paulo. Organizadas em Ligas de Escolas de Samba, começam os primeiros campeonatos para verificar qual escola de samba era mais bonita e animada.
BONECOS GIGANTES EM RECIFE
O carnaval de rua manteve suas tradições originais na região norte do Brasil. Em cidades como Recife e Olinda, as pessoas saem as ruas durante o carnaval no ritmo do frevo e do maracatu. Os desfiles de bonecos gigantes, em Recife, são uma das principais atrações desta cidade durante o carnaval. Na cidade de Salvador, existem os trios elétricos, embalados por músicas dançantes de cantores e grupos típicos da região. Na cidade destacam-se também os blocos negros como o Olodum e o Ileyaê, além dos blocos de rua e do Afoxé Filhos de Gandhi.
MARCHINHAS DE CARNAVAL
Marcha de Carnaval, também conhecida como "marchinha", é um gênero de música popular que esteve no carnaval dos brasileiros dos anos 20 aos anos 60 do século XX, altura em que começou a ser substituída, na preferência do público, pelo samba enredo. Na origem foi, no entanto, um estilo musical importado para o Brasil. Descende diretamente das marchas populares portuguesas, partilhando com elas o compasso binário das marchas militares, embora mais acelerado, melodias simples e vivas. Marchas portuguesas faziam grande sucesso no Brasil até 1920. A verdadeira marchinha de carnaval brasileira começou a surgir no Rio de Janeiro e atingiu o apogeu com intérpretes com Carmem Miranda. 
Secretaria de Educação Cultura e Desporto
Praça 29 de Dezembro nº 57
Departamento de Ensino

Todos Juntos Pela Educação :Nesse Carnaval Diga Não a Dengue
 
Secretária de Educação : Maria Eterilda Amorim Borba Assis
           Diretora de Ensino : Valdinere Alves dos Santos

  Cortês 2016


Todos Juntos Pela Educação :Nesse Carnaval Diga Não a Dengue

Justificativa

O ano de 2015 aumentou os casos de dengue, em relação aos anos anteriores. Tendo em vista a epidemia que assola Pernambuco principalmente com casos de microcefalia até mesmo no nosso município, vimos à necessidade de trabalhar em parceria com a saúde e à população escolar para melhor conscientização .Como educadores que somos não podemos nos omitir diante desses fatores que vem ocorrendo no nosso estado . Pois o melhor caminho é conscientizar. Faça parte dessa corrente e abrace esta causa. Dengue é coisa séria .

Objetivos:

Trabalhar em sala de aula e com a  comunidade escolar esclarecendo sobre a doença que vem causando muitas mortes. Contribuir para a preservação da saúde e incentivar atitudes de prevenção ao mosquito da dengue e também prevenir a proliferação do mosquito e como consequência a doença. 

Objetivos específicos:

– Conscientizar a população sobre a contribuição de cada um na prevenção do Dengue.
– Identificar o mosquito transmissor  Aedes aegypti
– Reconhecer os sintomas da Dengue, Zica vírus e Chikungunya
– Diagnosticar as dificuldades em conter o mosquito transmissor.
– Reconhecer como os hábitos de higiene ajudam a manter a saúde e a prevenir doenças.
– Ter cuidado com o armazenamento do lixo.
– Aprender a selecionar o armazenamento do lixo: material reutilizável e lixo orgânico.

Público alvo: Toda comunidade escolar e extra escolar
Duração : Mês de fevereiro

Atividades:

Dramatização ;Paródias sobre a Dengue
Produção de frases coletivas sobre como evitar a doença.
Produção de cartazes coletivos sobre a dengue.
Oficinas de leitura. 

Metodologia : 

ü Trabalhar em sala de aula durante o mês de fevereiro  a temática Dengue com os alunos  realizando atividades diversificadas.
ü Fazer a grande passeata nas ruas da cidade com o Bloco da Educação , associando a folia do carnaval  a educação .Dessa vez chamamos  a atenção da comunidade para os cuidados que devemos ter com a Dengue.
ü Os alunos poderão sair nas ruas com cartazes chamativos ,plaquinhas ou caracterizados  do mosquito  de acordo com a criatividade.
ü Sensibilizar professores, alunos para aderir a campanha sobre a dengue.
ü Exibição do DVD sobre a doença e como evitá-la.
ü Leitura de noticiários sobre dengue  realizando trabalhos e oficinas.
ü Sensibilizar comunidade e responsáveis com material produzido pelos alunos bem como ,conseguir panfletos na secretária de saúde

Avaliação:
A avaliação será contínua mediante abordagem do tema e da participação e execução do projeto.

Recursos:
Computador, Internet, TV, Vídeo, DVD, livros, jornais.
Material para confecção de cartazes, cola, tesoura, cartolina, papel 40, sucata garrafas pet com tampinha, papelão etc .

Responsáveis pela execução
Gestores ,coordenadores , Professores, alunos da Educação Infantil e alunos do 1º ao 9º ano

Apoio Geral :

·        Secretária de Educação  Maria Eterilda Amorim Borba Assis
·        Secretário de Saúde : Dr Artur

Responsável pela criação do projeto: 
Diretora Pedagógica : Valdinere Alves dos Santos

Referência Bibliográfica:
Departamento de Ensino : Valdinere Alves dos Santos

                                                         


 7 MANIFESTAÇÕES CULTURAIS QUE ACONTECEM NO PERÍODO DE CARNAVAL:
Entrudo : É basicamente o primeiro formato do carnaval popular brasileiro, e surgiu durante o Império (século 19). O nome da manifestação significava "entrada". Tratava-se de celebrações populares realizadas pelos escravos negros nas ruas das cidades. Para a folia, eram usados artifícios como água perfumada e batuques animados por bumbos e tambores. Foi depois desse tipo de festa nas ruas que surgiram os primeiros clubes carnavalescos precursores das atuais escolas de samba.

Marchinhas : Esse gênero musical tem origem nas marchas populares portuguesas e foi o principal ritmo do Carnaval brasileiro da década de 1920 à década de1960. Também chamada de marcha de Carnaval, as marchinhas tiveram a pianista Chiquinha Gonzaga como mãe de composição. As marchinhas atingiram seu auge com as interpretações de nomes consagrados da música popular brasileira, entre eles Carmen Miranda, Dalva de Oliveira, João de Barro, o Braguinha, Noel Rosa, Ary Barroso e Lamartine Babo.

Samba : Esse ritmo teve sua origem musical e cultural no samba de roda realizado em Estados nordestinos do Brasil. O gênero musical ganhou uma conotação urbana no Rio de Janeiro, onde se misturou com outros ritmos como a polca, o maxixe e o xote. A partir daí, o samba urbano e carnavalesco tomou as ruas de muitas cidades do Brasil.

Maracatu : Existem dois tipos de maracatu, o de Baque Virado, também conhecido como Maracatu Nação, e o de Baque Solto, também chamado de Maracatu Rural. O registro mais antigo que se tem sobre o Maracatu de Baque Virado data de 1711, mas sua origem é incerta. O que se sabe é que ele surgiu em Pernambuco e vem se transformando desde então.A manifestação tem relação com o candomblé (religião de matriz africana) e com a coroação de escravos negros, antiga estratégia de dominação desse povo pelos colonizadores. O ritmo é marcado por instrumentos de percussão e a dança se desenvolve num cortejo que conta com rei, rainha e toda uma corte simbólica. Já o Maracatu Rural não tem vínculo religioso e se associa ao folclore pernambucano.

As personagens principais dessa manifestação são os caboclos de lança, representados por trabalhadores rurais que com as mesmas mãos que cortam cana, lavram a terra e carregam peso, bordam suas fantasias e tocam o ritmo acelerado da música.

Afoxé : É manifestação afro-brasileira também chamada de candomblé de rua. O termo afoxé provém da língua africana iorubá. O ritmo se mostra nas ruas misturando dança, cantos religiosos e batucadas feitas  com instrumentos de percussão.

Samba de roda : É a origem do samba brasileiro. Esse ritmo nasceu na Bahia, mais precisamente no Recôncavo Baiano, e está associado à cultura afro-brasileira. A música se compõe principalmente na junção dos sons do pandeiro, do atabaque, das palmas e dos cantos dos dançantes reunidos em roda.

Frevo  :Esse ritmo típico do Nordeste brasileiro nasceu em Pernambuco, no fim do século 19. Extremamente acelerado, o frevo é um ritmo criado por compositores de música ligeira, feita para o carnaval


CACHAÇA NÃO É ÁGUA
Você pensa que cachaça é água? Cachaça não é água não. Cachaça vem do alambique E água vem do ribeirão.
Pode me faltar tudo na vida: Arroz, feijão e pão. Pode me faltar manteiga
E tudo mais não faz falta não.
Pode me faltar o amor(Disto até acho graça).
Só não quero que me falte A danada da cachaça.
VOLTEI RECIFE
Frevo-canção de Luiz Bandeira Voltei, Recife, Foi a saudade que me trouxe pelo braço,
Quero ver novamente, Vassoura na rua abafando Tomar umas e outras e cair no passo. Cadê Toureiros? Cadê Bola de Ouro?
As Pás, os Lenhadores,
O Bloco Batutas de São José?  Quero sentir a embriaguez do frevo, Que entra na cabeça, depois toma o corpo e acaba no pé
MAMÃE EU QUERO
Mamãe eu quero, mamãe eu quero, Mamãe eu quero mamar!
Dá a chupeta! Dá a chupeta! Dá a chupeta Dá a chupeta pro bebê não chorar! Dorme filhinho do meu coração! Pega a mamadeira e entra no meu cordão.
Eu tenho uma irmã que se chama Ana: De piscar o olho já ficou sem a pestana. Eu olho as pequenas, mas daquele jeito
E tenho muita pena não ser criança de peito!...Eu tenho uma irmã que é fenomenal: Ela é da bossa e o marido é um boçal!
      


TA-HÍ
Taí., eu fiz tudo pra você gostar de mim. Ai meu bem, não faz assim comigo não ! Você tem, você tem que me dar seu coração!
Meu amor, não posso esquecer, Se dá alegria faz também sofrer. A minha vida foi sempre assim:
Só chorando as mágoas que não têm fim. Essa história de gostar de alguém Já é mania que as pessoas têm. Se me ajudasse Nosso Senhor, Eu não pensaria mais no amor
CIDADE MARAVILHOSA
Cidade maravilhosa, Cheia de encantos mil!
Cidade maravilhosa, Coração do meu Brasil!
Cidade maravilhosa, Cheia de encantos mil!
Cidade maravilhosa, Coração do meu Brasil!
Berço do samba e das lindas canções Que vivem n'alma da gente, És o altar dos nossos corações Que cantam alegremente.
Jardim florido de amor e saudade, Terra que a todos seduz, Que Deus te cubra de felicidade, Ninho de sonho e de luz.
         ALLAH-LA Ô
Allah-lá-ô, ô ôôôôô  Mas que calor, ô ôôôôô
Atravessamos o deserto do Saara
O sol estava quente
Queimou a nossa cara Viemos do Egito
E muitas vezes  Nós tivemos que rezar
Allah! allah! allah, meu bom allah!
Mande água pra ioiô
Mande água pra iaiá
Allah! meu bom allah







ACORDA, MARIA BONITA

Acorda Maria Bonita /Levanta vai fazer o café Que o dia já vem raiando / E a polícia já está de pé .
Se eu soubesse que chorando / Empato a tua viagem Meus olhos eram dois rios / 
Que não te davam passagem
Cabelos pretos anelados / Olhos castanhos delicados /Quem não ama a cor morena / Morre cego e não vê nada

PIPA DO VOVÔ

A pipa do vovô não sobe mais !A pipa do vovô não sobe mais! Apesar de fazer muita força, O vovô foi passado pra trás! A pipa do vovô não sobe mais !A pipa do vovô não sobe mais!
Apesar de fazer muita força, O vovô foi passado pra trás!
Ele tentou mais uma empinadinha,
Mas a pipa não deu nenhuma subidinha. Ele tentou mais uma empinadinha, Mas a pipa não deu nenhuma subidinha
A pipa do vovô não sobe mais! A pipa do vovô não sobe mais! Apesar de fazer muita força,O vovô foi passado pra trás!

          BALANCÊ
 balancê balancê
Quero dançar com você
Entra na roda morena pra ver Ô balancê balancê Quando por mim você passa Fingindo que não me vê  Meu coração quase se despedaça No balancê balancê
Você foi minha cartilha
Você foi meu ABC
E por isso eu sou a maior maravilha No balancê balancê  Eu levo a vida pensando Pensando só em você E o tempo passa e eu vou me acabando  No balancê  balancê

JARDINEIRA
Oh! jardineira, por que estás tão triste? Mas o que foi que te aconteceu?
- Foi a camélia que caiu do galho, Deu dois suspiros e depois morreu. Vem jardineira! Vem meu amor! Não fique triste que este mundo é todo teu. Tu és muito mais bonita
Que a camélia que morreu ....
AS ÁGUAS VÃO ROLAR
As águas vão rolar:
Garrafa cheia eu não quero ver sobrar.
Eu passo a mão na saca, saca, saca-rolhaE bebo até me afogar. Deixa as águas rolar!As águas vão rolar: Garrafa cheia eu não quero ver sobrar,
Eu passo a mão na saca, saca, saca-rolha.
E bebo até me afogar.Se a polícia por isso me prender E na última hora me soltar, Eu pego a saca, saca, saca-rolha
E bebo até me afogar. Deixa as águas rolar
SASSARICANDO
Sassassaricando
Todo mundo leva a vida no arame  Sassassaricando
A viúva o brotinho e a madame O velho na porta da Colombo É um assombro Sassaricando
Quem não tem seu sassarico
Sassarica mesmo só
Porque sem sassaricar
Essa vida é um nó